Monday, December 31, 2007

Hora de fazer um balanço...


Bem, pela primeira vez na minha vida irei expor publicamente o balanço de um ano da minha existência. Não que este ano que está prestes a findar tenha sido o mais importante da minha vida, mas acho que estou preparado para dar a conhecer ao Mundo o que foi 2007 para mim. Quero frisar, desde já, que não pretendo me alongar muito, uma vez que haveria muita coisa a relatar e a realçar em 2007, mas há coisas que permanecerão no segredo dos deuses...

Assim sendo 2007 foi (vou dar como adquirido o facto de ver 2008 chegar) um dos anos mais difíceis da minha vida. Quem me conhece sabe a que me refiro e sabe perfeitamente o porquê de eu dizer isto. Este ano ensinou-me a dar valor a mim mesmo de uma maneira que não julgava possível; ensinou-me a lutar por viver e a dar valor à sobrevivência; ensinou-me que, às vezes, temos que bater no fundo para podermos abrir os olhos e para podermos voltar a desejar viver com alegria e esperança.

Neste ano tive de tudo: amores e desamores, alegrias e tristezas, vitórias e derrotas. Mas julgo que o mais importante que tive como aprendizagem em 2007 foi a redescoberta do meu eu. 2007 trouxe até mim a possibilidade de uma redescoberta que hoje sei que foi e é necessária, pois como alguém me dizia, eu realmente estava a estagnar. Talvez tenha mesmo deixado de lutar por mim e pelas minhas crenças e por quem mais gostava. Mas não o fiz por mal. Às vezes também sou humano e também erro. E hoje sei que errei em algumas situações. Aos lesados, as minhas mais humildes e sinceras desculpas.

De resto, penso que 2007 acabou por ser um ano-revelação, digamos assim. Fui obrigado a reinventar a minha pessoa, a minha forma de ser e de estar perante novas situações e perante novos desafios. Hoje posso garantir que sou feliz: tenho saúde, a minha família também, tenho amigos e eles também têm saúde. É claro que faltam peças no meu puzzle para que eu possa ser completamente feliz, mas ainda não sei se a Felicidade total está ou estará ao meu alcance nesta vida. Não sei se o meu puzzle para esta existência contempla todas as peças necessárias e mais algumas...

Mas nem isso me deixa triste. Sei que algures, nesta ou noutra vida, a Felicidade está à minha espera. Não sei sob que "pele" nem em que moldes...Mas sei que está. E isso é quanto basta para que eu possa entrar em 2008 plenamente consciente de que serão mais 365 dias de luta, de batalha, de entrega e de muita adrenalina. 2008 promete ser o ano da licenciatura, o ano do fim do ciclo ESEC, o ano das novas aventuras e desventuras no mundo-cão do Jornalismo (ou não...a ver vamos)...2008 promete ser o ano da afirmação de um ser que aspira e anseia ser algo mais do que o seu próprio ser. 2008 promete ser o ano da busca incessante e inesgostável pelo bem supremo que auguro para o meu futuro: a Felicidade.

Há nomes que merecem e mereciam sempre o meu destaque neste balanço, mas não quero causar constragimentos a ninguém e só quero que saibam que é graças a vocês que ainda hoje cresço e ainda hoje procuro me tornar num ser humano melhor.

Não sei o que o futuro me reserva, mas sei de uma coisa: hoje como ontem, amanhã como sempre, vencer passará a ser (novamente) um hábito e não uma opção. Só sei estar assim na vida e qualquer outro papel não me assenta bem nem condiz com a minha missão nesta vida.

Um feliz 2008 a todos. Deus vos (e nos) abençoe.


5 Comments:

Blogger MI said...

(Final)mente! Ainda Bem. Parabéns por essas descobertas. Que Deus te dê, de facto, força e motivação para que consigas alcançar os teus sonhos.MI(*)

11:11 PM  
Blogger Joanita said...

Porque fiquei sem saber o que dizer na altura que o escreves-te ao pé de mim e agora que o leio outra vez passado umas horas ainda continuo a não conseguir comentar.

Muitos momentos tenho passado contigo ultimamente e sempre te disse eu sei que vais conseguir e o mesmo te digo agora (como ja me disses-te uma vez) quem espera sempre alcanaca, tu alcancas-te o teu o objectivo por isso vais crer nas tuas capacidades e vais vencer na vida como nunca venceste tanto até hoje. E acredito profundamente que isso vai acontecer a todos os niveis conhecendo-te como te conheco.

Vencer sempre é um optimo lema de vida... vence padrinho, vence...

6:55 PM  
Blogger Joanita said...

ah pois padrinho presumo que saibas quem sou... desta vez comentei com uma conta diferente....

6:55 PM  
Blogger MIDCO said...

Na vida por vezes é necessário bater no fundo para podermos dar valor a nossa existência e ver com olhos de ver aquilo que somos e aquilo que queremos.
Foi um ano muito dificil para nós, mas penso que estavamos mesmo a precisar disto para reavaliarmos a nossa existência.
Acima de tudo temos de dar graças a Deus porque encontramos o nosso caminho.
O meu desejo para 2008 em relação a ti é que Deus te continue a guiar pelo bom caminho e te ajude a ultrapassar os obstaculos na luta das tuas conquistas. Da minha parte sabes que terás aqui sempre uma amiga com quem contar!
Que 2008 seja um ano em grande...
Um beijinho muito especial ;)
Ah e não te esqueças Sê Feliz...Faz bem e não olhes a quem ;)

10:34 AM  
Blogger MIDCO said...

Ah estava-me a esquecer de te pedir uma coisa: não voltes a estagnar!
Não voltes a deixar adormecer esse ser humano maravilhoso que és...
Não deixes de lutar pelos teus objectivos e não deixes de acreditar que tudo é possível desde que se queira, ok?

10:36 AM  

Post a Comment

<< Home